02/2024

Instituto E+ ingressa no Observatório do Clima

Publicado por: emais
Categorias: Imprensa | Redes de interlocução

O Instituto E+ Transição Energética ingressou no Observatório do Clima (OC), a maior rede de organizações que atuam no Brasil no combate às mudanças climáticas. O OC trabalha em várias frentes, como a produção e a divulgação de conhecimentos, e a ampliação dos debates nacionais sobre o assunto, além de incidência política e internacional.  

"O E+ desempenha um importante papel no debate de transição energética, tema que ganha cada vez mais protagonismo no país. Sua entrada no OC é de grande valor, porque potencializará o debate sobre o tema em nossa rede", afirma Marcio Astrini, secretário-executivo do Observatório. 

Para o Instituto, trata-se de uma importante oportunidade para ampliar o diálogo em favor da causa climática. “As iniciativas do Observatório têm grande relevância junto a governos, empresas e a sociedade em geral, o que certamente vai nos auxiliar a reverberar ainda mais nossas pautas junto a esses públicos”, destaca a diretora-executiva do think tank, Rosana Santos.  

Com o ingresso do E+, o Observatório do Clima passa a contar com 107 integrantes, entre organizações ambientalistas, institutos de pesquisa e movimentos sociais. 

Sobre o E+ – O Instituto E+ Transição Energética é um think tank brasileiro independente, sem fins lucrativos, que atua como policy influencer e promove o amplo diálogo para pautar a transição energética. O foco do Instituto é a transformação industrial para a neutralidade climática como vetor de desenvolvimento socioeconômico. Saiba mais em: https://emaisenergia.org/ 

Sobre o Observatório do Clima –Fundado em 2002, é a principal rede da sociedade civil brasileira sobre a agenda climática, com mais de uma centena de integrantes, entre ONGs ambientalistas, institutos de pesquisa e movimentos sociais. Seu objetivo é ajudar a construir um Brasil descarbonizado, igualitário, próspero e sustentável, na luta contra a crise climática (oc.eco.br). Desde 2013, o OC publica o SEEG, a estimativa anual das emissões de gases de efeito estufa do Brasil (seeg.eco.br). 

CONTEÚDOS RELACIONADOS
Brasil pode se tornar potência do aço verde, indica relatório do E3G  Ver conteúdo
Instituto E+ e Secretaria de Desenvolvimento de Minas fecham acordo de cooperação técnica Ver conteúdo
G20 abre chamada de trabalhos de políticas públicas Ver conteúdo