Resumo:

As mudanças climáticas estão contribuindo para o agravamento e a frequência de crises nos setores elétricos de diversos países. Diante dessa constatação e dos impactos socioeconômicos e ambientais desses episódios, a publicação analisa as crises do setor elétrico brasileiro de 2001, 2013 e 2021 para contribuir na elaboração de políticas eficazes para a gestão de eventos dessa natureza, bem como evitar que ocorram, reduzindo as vulnerabilidades do sistema elétrico brasileiro e o custo para a sociedade. O estudo foi produzido com o apoio do Instituto Clima e Sociedade e do think tank alemão Agora Energiewende.